Banco do Brasil estreia em lista de empresas mais sustentáveis do mundo

As empresas brasileiras Natura e Banco do Brasil são duas das 100 empresas mais sustentáveis deste ano, de acordo com ranking divulgado nesta semana pela empresa de mídia Toronto Corporate Knights. A Natura, agora na 61ª posição, era a única companhia brasileira a aparecer na lista do ano passado, quando ocupou a 44ª. O Banco do Brasil, por sua vez, ocupa a 75ª posição.

O primeiro lugar é ocupado pela BMW, montadora de carros e motocicletas de luxo baseada em Munique. A empresa ganhou notas altas principalmente por “uso eficiente de água e energia e pouco desperdício”, assim como por “abordagem responsável de pagamento de impostos, investimento alto em inovação, baixas taxas de demissão e baixa diferença salarial entre CEO e funcionários médios.”

A Corporate Knights analisa todos os anos empresas do mundo todo para determinar quais usam melhor seu capital, maximizam a performance dos funcionários e fazem um uso cuidadoso de recursos naturais.

O ranking é divulgado todos os anos no Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, e é baseado em informações públicas de 4.353 empresas médias, grandes e mega com capital de mercado acima de US$ 2 bilhões. Em seguida, as companhias são avaliadas de acordo com 12 “indicadores chave de performance” que medem a administração de recursos, funcionários e finanças.

“Estas empresas demonstram ambição e resultados em um largo espectro de indicadores. Ao tentar fazer do mundo um lugar melhor, são nessas empresas que as pessoas querem trabalhar, de que os consumidores querem comprar e em que investidores miram a longo prazo”, disse o CEO da Corporate Knights Toby Heaps.

Em termos de recursos, o Corporate Knights olha para o uso de energia, emissões, uso de água e desperdício. Para avaliar a sustentabilidade financeira de uma empresa, fatores que são levados em consideração incluem receita, EBITDA e a diferença salarial entre o CEO e funcionários médios. Para determinar a sustentabilidade das práticas de gestão de funcionários de uma empresa, a Corporate Knights considera relatórios de fatalidades, demissões, problemas de liderança e representatividade de mulheres no quadro de gestores.

Certos indicadores são priorizados de acordo com a indústria. Por exemplo, rankings de segurança não são exclusivamente importantes para bancos, pois seu setor financeiro é exposto a danos físicos. Porém, performance de segurança é uma medida importante na indústria de transporte, onde o bem-estar físico pode estar em risco.

Os Estados Unidos foram o país que mais apareceu na lista, com 19 empresas (menos do que as 20 de 2015) incluindo Coca-Cola, Intel, Cisco, Johnson & Johnson e General Mills. O segundo país que mais aparece é a França, com 11 representantes que incluem Dassault Systems, L’Oreal, BNP Paribas e Renault. Além do Brasil, Dinamarca, Irlanda e Suíça também têm duas de suas empresas na lista, enquanto China, Itália e Portugal têm apenas uma.

Fonte: Forbes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s