Grupo de trabalho promove encontro sobre indicadores de sustentabilidade para a pecuária

Para apoiar a sustentabilidade do Pantanal, o WWF-Brasil e o Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável (GTPS) se uniram para construir um guia de princípios, critérios e indicadores para que a pecuária obtenha produtividade associada à conservação da natureza.

A iniciativa, que surgiu em 2009, passou nesta última semana pela revisão de uma Comissão Técnica, composta por representantes do setor produtivo, da indústria, do varejo/restaurantes, dos insumos/serviços, das instituições financeiras e da sociedade civil. O workshop aconteceu nos dias 6 e 7 de julho, na sede do WWF-Brasil, em Brasília-DF.

Izabella Vitali, moderadora do processo e representante da Proforest, contou que ao longo de dois dias os participantes revisaram aproximadamente 70 indicadores que têm como intuito nortear os diversos atores evolvidos na cadeia da pecuária bovina a agir com eficiência e inovação. “Isso é fundamental para mitigar os impactos de uma das principais commodities nas águas, solos e florestas de todas as regiões do país”, explicou.

A proposta é que o guia, quando finalizado, esteja disponível em uma plataforma on-line para consulta, como explica Ezequiel Rodrigues do Valle, representante da Novilho Precoce. “Por meio do guia poderemos mostrar aos envolvidos, em especial a indústria e o setor produtivo, as vantagens de trabalhar com boas práticas, de modo a se preparar para enfrentar as demandas de um mercado que exige cada vez mais responsabilidade socioambiental”.

Segundo Ivens Domingos, especialista em pecuária sustentável do Programa Cerrado Pantanal do WWF-Brasil, “o GTPS é pioneiro na ação de orientar e direcionar os interessados a saírem do nível de anseio para firmar compromissos em prol da pecuária sustentável, buscando aliar a produção com a conservação dos recursos naturais em todo o país”.

O Guia encontra-se em fase final de desenvolvimento, e uma versão final deverá ser submetida a consulta pública até o final de 2015.

Atualmente a Comissão Técnica de Desenvolvimento do Guia de Critérios e Indicadores do GTPS (CDG / GTPS) está sob a coordenação do WWF-Brasil e é composta por representantes da Famasul, Associação do Novilho Precoce-MS, Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM), Imaflora; Arcos Dorados, WalMart, Agrotools, Dow, Banco do Brasil, Banco Santander, JBS e Minerva.

Fonte: WWF Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s