“Na região metropolitana não há risco a curto e médio prazo de desabastecimento”, afirma secretário de meio ambiente

Da esquerda para a direita: Eugênio Spengler (SEMA), Marcos Galindo (Coordenador do COINFRA), Jorge Cajazeira (Coordenador do COMAM) e Jackson Ornejas (Secretaria de Infraestrutura Hídrica) / Foto: Erica Rusch

Da esquerda para a direita: Eugênio Spengler (SEMA), Marcos Galindo (Coordenador do COINFRA), Jorge Cajazeira (Coordenador do COMAM) e Jackson Ornejas (Secretaria de Infraestrutura Hídrica) / Foto: Erica Rusch

Na manhã desta quarta-feira (13), a Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB) promoveu uma reunião conjunta dos seus Conselhos de Meio Ambiente (COMAM) e Infraestrutura (COINFRA) acerca das disponibilidades hídricas no estado. Estiveram presentes os Secretários de Meio Ambiente e de Infraestrutura do Estado da Bahia, que fizeram palestras sobre disponibilidades hídricas e infraestrutura hídrica, respectivamente.

De acordo com o Secretário de Meio Ambiente do Estado da Bahia, Eugênio Spengler, não há risco de desabastecimento na região metropolitana de Salvador a curto e médio prazo, mas há necessidade de melhorias em infraestrutura. Sobre esta demanda, o Secretário ponderou que o governo deve fazer o que lhe compete como agente estatal, e que a indústria deve também colaborar, investindo na própria infraestrutura de abastecimento de água. Como exemplo, citou a captação de água de chuva como uma opção para as empresas.

*Redação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s