Salvador inicia estratégia de vacinação contra o HPV

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) iniciou esta semana a estratégia de prevenção do câncer de colo do útero, voltada para meninas de 9 a 11 anos de idade. A vacina contra o papilomavírus humano (HPV) será ofertada gratuitamente nas unidades básicas de saúde da Prefeitura de Salvador e em escolas públicas e privadas, com a meta de vacinar 80% das 59.354 meninas que fazem parte do público-alvo.

Em 2014, a população alvo da vacinação era composta por adolescentes de 11 a 13 anos. Este ano serão vacinadas, além das jovens do sexo feminino na faixa etária de 9 a 11 anos, mulheres com idade entre 9 e 26 anos convivendo com HIV, e outras 24 mil meninas de 11 a 13 anos que deixaram de tomar a 2ª dose da vacina HPV no ano de 2014. No ano passado, mais de 53 mil adolescentes receberam a primeira dose, mas apenas 23 mil tomaram a segunda dose.

“Esta será a primeira geração de futuras mulheres livre do câncer de colo de útero. Para isso, o esquema de vacinação deve ser seguido conforme determinação do Programa Nacional de Imunização. Ou seja, deverão ser administradas três doses da vacina, sendo que a segunda ocorrerá em setembro, seis meses após a primeira dose, e a terceira dose será ministrada cinco anos após primeira vacina”, explica Doiane Lemos, chefe de imunização da SMS.

Na estratégia nas escolas, da mesma forma como funcionou no ano passado, os pais vão autorizar ou recusar o procedimento através de documento. Porém, a adolescente na idade elegível que procurar as unidades de saúde terão direito a vacina HPV sem requerer a autorização dos pais.

Para as mulheres de 9 a 26 anos convivendo com o HIV, além das salas de vacina das Unidades de Saúde, podem procurar as unidades do Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais (CRIE’s), localizadas no Hospital Couto Maia, no Monte Serrat, e no Hospital Infantil Centro Pediátrico Hosannah de Oliveira, no Complexo do Hospital das Clínicas, no Canela. As interessadas deverão apresentar documento comprobatório da idade e prescrição médica.

A vacinação contra o HPV é uma prevenção do câncer do colo do útero. Porém, não substitui a realização do exame preventivo, o Papanicolau, ou o uso de preservativos.

Fonte: Agecom

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s