Secretaria de Infraestrutura Hídrica define estratégias de uso racional da água na Bahia

Uso racional da água é a nova orientação do trabalho estabelecido pela Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS) para a Agência Reguladora de Saneamento Básico do Estado da Bahia (Agersa). Além das ações de fiscalização, o órgão vai atuar em dois eixos estratégicos – reuso da água, visando à redução de perdas, e educação, conscientizando os usuários para a importância de se economizar água. A Agersa vai implantar o controle sistemático da qualidade da água este ano, começando pela capital baiana.

As estratégias constam no Plano de Trabalho 2015 apresentado à SIHS na segunda-feira (5). “Para desenvolver plenamente essas premissas, temos que adotar medidas em convergência de ações com os 115 municípios já trabalhados pela Agersa e, gradativamente, ampliar o escopo das atividades para todo o território baiano”, explica o secretário Cássio Peixoto. Segundo ele, todas as atividades precisam considerar questões relativas à preservação do meio ambiente, resguardando a Bahia de futuros impactos climáticos negativos.

O controle da qualidade da água e o destino final dos efluentes também estiveram na pauta do dia. “São direcionamentos importantes na medida em que refletem na saúde das pessoas. Por isso a preservação dos mananciais hídricos é fundamental ao abastecimento e consumo de água”, disse o diretor geral da Agersa, Carlos Henrique Martins, acompanhado pelo diretor de Fiscalização, Alberto Gordilho Filho.

Fonte: Secom

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s