Personalidade: John Lennon

John LennonJohn Winston Ono Lennon nasceu em 09 de outubro de 1940, em Liverpool, na Inglaterra. O valor da sua obra musical dispensa comentários, afinal, todo mundo conhece os Beatles. Mas Lennon foi também um político, no sentido essencial da palavra, por ter sido um homem que lutou por um ideal, indo de encontro ao poder vigente. Por isso, incomodou com discursos implacáveis: “nossa sociedade é governada por dementes que perseguem objetivos insanos”; “é preciso ser mais politicamente consciente em uma era como essa, é quase impossível fechar os olhos”, “quando você recorre à violência, você faz o jogo do sistema”; “quando conseguirem te tornar violento, eles saberão como te controlar”.

Porque ele já era o John Lennon dos Beatles, tudo o que fazia interessava. Junto com Yoko Ono, fez a performance do saco. Qualquer anônimo que fizesse aquela performance continuaria anônimo, mas era John Lennon que estava dentro do saco. E os jornalistas foram ver. A eles, Lennon disse que o manifesto era sobre a comunicação total, “total communication”. Depois, justificou: “se um homem negro procurar emprego vestindo um saco, se todos procurassem trabalho vestindo um saco, não haveria nenhum preconceito. As pessoas seriam julgadas por sua qualidade interior. A isso nós chamamos comunicação total”. Moral da história: quando estivermos livres de preconceito, conseguiremos nos comunicar com plenitude. Quando o manifesto foi levado à Austria, os jornalistas foram ávidos para falar com John Lennon e encontraram um saco. Inconformados, perguntaram: “por que faz isso com a gente? Nós nunca vimos um Beatle”.

Questionado por um jornalista sobre o posicionamento a respeito da Guerra do Vietnã, ele respondeu: “é impossível não falar sobre o que ocorre no mundo”. Em 1969, ele compôs a canção “Give Peace a Chance”, que se transformou em um hino contra a Guerra do Vietnã. Nessa época, o seu manifesto pacífico correu o mundo, em uma multiplicação da mensagem “dê uma chance à paz” que faria qualquer executivo de marketing ter uma inveja branca do poder viral daquela ação, em plena década de 70. Não havia internet, mas as pessoas cantavam a música, reproduziam placas com o refrão, pediam uma chance à paz, contra a guerra.

Certa vez, Lennon disse ao seu amigo: “Elton (John), escrevi uma música. O nome é Imagine, mas não acredito que ela faça sucesso”. Hoje, Imagine é uma música que representa esperança, a utopia sobre um mundo melhor. Aliás, o engajamento social de John Lennon deixou um legado musical incrível para o mundo.

Dica para quem quiser saber mais sobre a vida política de John Lennon: assistam ao documentário “Estados Unidos contra John Lennon”. Está disponível no Netflix. É um excelente documentário sobre a vida do artista, do militante pacifista; tem passagens com Martin Luther King e ainda conta um pouco da história dos grupos de ativistas que protestaram contra a Guerra do Vietnã, e do Pantera Negra, grupo que lutou contra o preconceito racial nos Estados Unidos.

Se estivesse vivo, John Lennon estaria completando 74 anos. Ele faleceu em 8 de dezembro de 1980, quando as manifestações em favor do meio ambiente começavam a reverberar em esfera global. A origem do movimento ambientalista é justamente o movimento hippie e pacifista. Alguém duvida que Lennon teria participado dessa mundialização? Se estivesse vivo, quantas canções teria cantado nesses 24 anos…

*Redação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s