Sema e Inema controlam incêndios na Chapada Diamantina e no oeste da Bahia

A Secretaria do Meio Ambiente (Sema) e o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) informam que os incêndios florestais nas cidades de Livramento, Rio de Contas e Igatu estão sob controle. A ação vem sendo conduzida por técnicos da Operação Bahia sem Fogo e dos Subcomitês de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais locais.

Os focos de incêndio nas cidades de Livramento e Rio de Contas foram totalmente controlados na terça-feira (23), por volta das 17h30. Na cidade de Igatu, as queimadas também foram totalmente erradicadas. Para evitar novos focos de incêndio, a Sema e o Inema farão ao longo do dia monitoramentos aéreos nos locais atingidos.

A ação em Livramento e Rio de Contas mobilizou 20 bombeiros do Bahia sem Fogo, 13 brigadistas das cidades de Rio de Contas e Abaíra, e sete técnicos do Inema. Foram utilizados ainda duas aeronaves disponibilizadas pela Sema, quatro veículos do Inema e um do Corpo de Bombeiros local.

Oeste da Bahia

No oeste do estado, as chamas já estão sendo controladas, mas ainda existem alguns focos nas cidades de Jaborandi, combatidos por técnicos do Inema e brigadistas voluntários do Ibama (Prevfogo), e de São Desidério, onde o subcomitê local está fazendo o combate, com reforço de brigadistas e de uma aeronave da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba).

Comitê e subcomitês

Diante da necessidade de intensificar as ações de combate aos incêndios florestais, em 2009 o Decreto nº 11.559 instituiu o Comitê Estadual de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais da Bahia, com a participação da Sema, que o coordena através do Inema. Também fazem parte a Casa Militar do Governador, as secretarias da Segurança Pública (SSP), da Saúde (Sesab), de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes), da Educação (SEC), da Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária (Seagri), de Turismo (Setur), além do Comando de Operações de Bombeiros Militares.

Em 2013 foram instituídos os subcomitês da Região da Chapada Diamantina e Região Oeste, formados por representantes do Inema, Corpo de Bombeiros, municípios e brigadas voluntárias. As ações conjuntas desses orgãos marcam um novo tempo na história da população destas regiões que em todos os anos testemunhavam a perda da agricultura, animais e até de suas casas, como ocorreu no ano passado.

Bahia Sem Fogo

O Programa Bahia Sem Fogo, criado em 2010, vem capacitando os brigadistas voluntários, com cursos que incluem, em conteúdo programático, aulas práticas e teóricas de prevenção, fiscalização, educação ambiental, primeiros socorros e combate a incêndios florestais. Neste ano foram formadas 17 novas brigadas voluntárias, somando um total de 57, com o efetivo de 627 brigadistas, distribuídos nas regiões da Chapada Diamantina, Oeste e no Norte da Bahia.

Fonte: Governo do Estado da Bahia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s