Incêndio atinge reserva ecológica do Jardim Botânico de Brasília

Incêndio na reserva ecológica do Jardim Botânico de Brasília pode ser o maior do ano, segundo o Corpo de Bombeiros / Foto: Valter Campanato (Agência Brasil).

Incêndio na reserva ecológica do Jardim Botânico de Brasília pode ser o maior do ano, segundo o Corpo de Bombeiros / Foto: Valter Campanato (Agência Brasil).

Ontem, 18 de setembro, aconteceu um incêndio de grande proporção na reserva ecológica do Jardim Botânico de Brasília. Segundo o Corpo de Bombeiros, esse pode ser o maior incêndio do ano e ainda não se sabe o tamanho da área atingida. O incêndio, que começou por volta das 10h30, mobilizou o trabalho de cerca de 100 homens.

A reserva ecológica do Jardim Botânico de Brasília, localizada no Setor de Mansões Dom Bosco, no Lago Sul, tem 4.500 hectares (um hectare corresponde aproximadamente à área de um campo de futebol oficial) de reserva ecológica. A área é destinada a pesquisas e à preservação do Cerrado. A  reserva abriga mananciais que abastecem 25% de toda a região do Lago Sul, incluindo o Lago Paranoá, além de animais como macacos, lagartos, cobras, tamanduás e aves, entre outros.

A área atingida pelo incêndio fica a poucos quilômetros do Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek. Segundo o Corpo de Bombeiros, mesmo com o grande volume de fumaça no local, o fogo não ofereceu nenhum risco para o pouso ou decolagem dos aviões. O incêndio ficou muito próximo às residências entre as quadras QI 17 e QI 19, o que assustou os moradores do local.

Tainá Nóbrega, 34 anos, moradora na região, é mãe de cinco crianças e foi uma das pessoas que ligou para o Corpo de Bombeiros. “Estava entrando uma fumaça dentro de casa e, de repente, quando eu vi, o fogo já estava do lado da casa do meu vizinho. Eu desesperei porque estava um fogo alto passando por cima do muro, queimando o muro e o telhado do meu vizinho. Liguei para a polícia, para os bombeiros, peguei as crianças e levei para a casa da minha mãe. Voltei, peguei as coisas que eu poderia salvar”, relatou.

Brasília. Famoso pelas suas áreas verdes, o Plano Piloto de Brasília é uma região bastante arborizada e, além disso, vê-se menos lixo nas ruas em comparação com outras capitais. Alguns poetas locais já homenagearam a cidade, tendo reunido no site Brasília Poética alguns dos principais trabalhos. Brasília tem um detalhe interessante sobre a área verde da cidade: ela tem árvores frutíferas. Durante um pronunciamento em 1998, o Senador Artur da Tavola (PSDB/RJ) falou sobre elas: a Asa Sul “pôde ver florescer uma natureza que acolheu árvores que não eram da região, como a sibipiruna, o flamboyant, além da espatódea, com sua bela flor vermelha, a mangueira e o abacateiro, que são pródigos nas superquadras de Brasília”.

*Redação

Fonte: Agência Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s